• Equipe MRinfo

Entenda quais são os riscos do uso de software pirata

Atualizado: 26 de Jul de 2019


Procurando meios para diminuir os custos, alguns empresários consideram instalar programas piratas em suas máquinas. Porém, há muitos riscos do uso de software pirata. Apesar de parecer vantajosa no início, a decisão pode prejudicar o empreendimento, não só expondo os dados confidenciais da companhia como também obrigando o empresário a esclarecer algumas questões com a justiça.


Quer saber mais em como a pirataria pode prejudicar o seu negócio? Continue a leitura e fique de olho!


Descumprimento da obrigação fiscal


Todos temos a consciência de que a prática de pirataria é crime. No dia a dia, ficamos muito mal-acostumados, seja escutando músicas ou assistindo a filmes gravados ilegalmente. A prática se torna acessível a todos, pois não há uma fiscalização efetiva. Porém, no mundo corporativo, as regras são mais rigorosas.


De olho na autenticidade, empresas como Microsoft, Adobe e Autodesk, por exemplo, tem o costume de fazer a fiscalização nas máquinas de corporações onde os programas estão instalados. Caso encontrem alguma irregularidade, as empresas pirateadas podem denunciar a corporação que realizou a prática.


A utilização da cópia não autorizada descumpre o Art. 9º da Lei 9.609/98, que diz que a propriedade intelectual do software não foi respeitada. O empreendedor que não cumprir as regras deve pagar multas para cada unidade apreendida.


Redução do desempenho do programa


Para garantir o funcionamento do software pirateado, os criminosos virtuais, responsáveis por liberar o acesso, realizam diversas modificações no aplicativo original. O processo é feito para que as verificações constantes de autenticidade sejam bloqueadas pelo programa pirata.


O problema é que essas alterações diminuem o desempenho do programa e até da própria máquina, que passam a apresentar travamentos repentinos. Isso afeta diretamente a produtividade dos colaboradores e, consequentemente, atrasa a entrega.


A compra do produto original pode apresentar um custo no início, mas o valor é compensador posteriormente. Além de não precisar se preocupar em pagar multas muito altas, como dissemos no item anterior, você contará com um suporte dedicado caso tenha algum problema, como falaremos melhor a seguir.


Invalidação do suporte das desenvolvedoras


Durante as tarefas do dia a dia, o usuário pode se deparar com eventuais problemas em sua execução. Para solucioná-las, as desenvolvedoras lançam atualizações constantes para, além de corrigir as falhas, melhorar o desempenho dos aplicativos — e, em alguns casos, até adicionar novas funções.


Com o uso de software pirata, o usuário não tem acesso às novidades. Como o programa modificado bloqueia automaticamente qualquer verificação, as atualizações acabam não chegando à sua empresa.


A modificação tem esse comportamento por que as atualizações invalidam as alterações realizadas pelo programa pirata, “forçando” o usuário a adquirir o original. O problema é que, em muitos casos, as atualizações têm como objetivo realizar manutenções em possíveis brechas do sistema — o que, como você verá agora, aumenta os riscos.


Aumento dos riscos à segurança


Para que os programas funcionem de forma indevida, o usuário deve ativá-lo utilizando um segundo software, responsável por remover a necessidade de inserir uma licença original. Esse ativador, chamado de cracker, modifica dados dentro do próprio programa.


Entretanto, para terem efeito, as modificações precisam alterar permissões internas do próprio Windows, desabilitando, por exemplo, a verificação de possíveis programas maliciosos no computador. Dessa forma, a alteração facilita a entrada de novos vírus na máquina do usuário.


Outro ponto a se observar é pensar na possibilidade de o próprio cracker agir de má-fé e aproveitar o momento para adicionar algum arquivo malicioso — que, por exemplo, monitore as atividades do colaborador para capturar dados confidenciais. Além disso, ela ainda pode apagar dados aleatoriamente, comprometendo processos importantes.


Em 2017, foi registrado um dos maiores ataques cibernéticos simultâneos em todo o mundo. A principal causa do ataque foi justamente a falta de atualizações em programas de dentro das empresas.


Viu só? A ideia de economizar com a utilização de programas piratas pode trazer prejuízos para as empresas não apenas financeiros, mas também devido à probabilidade de expor informações sigilosas.


Agora, você está preparado para proteger-se contra os riscos do uso de software pirata. Para mais conteúdos relevantes para sua empresa, assine nossa newsletter e receba nossas postagens diretamente na sua caixa de entrada!

 

Temos um modelo de contrato ajustado à necessidade da sua empresa, entre em contato,  teremos prazer em atendê-lo.

 Fale Conosco por e-mail, telefone ou formulário .

atendimento@mrinfo.com.br

Tel: (21) 3439-7117  /  (21) 3269-1258

(21)99973-5413

Sede: Av. das Américas 18.500 sala 528

Recreio dos Bandeirantes , Rio de Janeiro

Polos Técnicos: Barra, Pavuna, Realengo e Tijuca